COMO ENTRAR NO BOPE

COMO ENTRAR NO BOPE

Em meio a tanta violência que vivemos todos os dias nas ruas das grandes cidades brasileiras, cada vez mais necessitamos de pessoas que nos protejam e nos ajudam a nos manter seguros e nos sentirmos assim.

Por muito tempo se diz que, os não combatentes dependem daqueles que podem agir em defesa deles, pois, é responsabilidade dos mais fortes protegem os indefesos. E que melhor grupo para se falar do que o mais conhecido BOPE?

Esse grupo de policiais de elite atua em diversas ocasiões em defesa a quem precisa. O que acha, quer conhecer um pouco mais sobre eles e descobrir como entrar no BOPE? Confira a seguir!

DA NECESSIDADE A CRIAÇÃO

Em 1974, uma ocorrência no Instituto Penal Evaristo de Moraes tirou a vida de um Major da PM e de vários outros presos devido a ação militar de tentativa de resgate. Esse foi o estopim para a criação de uma força tarefa de elite que conseguisse lidar com essas situações.

Foi então que em 1978, o Capitão da Polícia Militar, Paulo César de Amêndola de Souza, criou o chamado projeto NuCOE (Núcleo da Companhia de Operações Especiais). Este núcleo era formado por policiais que se voluntariaram.

Alguns dos policiais voluntários que participaram do NuCOE possuíam especializações das Forças armadas, entre outros.

O símbolo característico do BOPE, a caveira com uma faca cravada de cima para baixo e duas armas cruzando por trás dela. Este é um dos símbolos mais temidos dentre os criminosos, considerando que o BOPE não está nem um pouco para brincadeira.

Este símbolo que ficará marcado como o terror dos bandidos foi criado em 1980, sendo usado até hoje pelos membros da força.

Dois anos mais tarde, em 1982, o NuCOE passou a atuar no batalhão da polícia de choque, nessa época, já considerada uma força militar de combate especial. Com isso, passou a ser chamada apenas de COE.

Quando em 1984 o BOPE, naquela época, passou a ser conhecido como NuCIOE, Núcleo de Companhia Independente de Operações Especiais. Esta passou a atuar independentemente, sem a presença do então batalhão de choque na qual estava dois anos antes.

Quatro anos mais tarde, seu título mudou novamente, em 1988, no entanto, já havia um grande diferencial, uma vez que eles realizavam missões independentes no Rio de Janeiro sob ordens do comandante geral.

Nessa época, o BOPE era conhecido como Companhia Independente de Operações Especiais, CIOE. Esse nome permaneceu até 1991, quando o que conhecemos atualmente se estabeleceu no grupo especial.

Isso só ocorreu por meio de um decreto e, oficialmente, a partir de 1 de março, o então CIOE passou a ser chamado definitivamente de BOPE, Batalhão de Operações Policiais Especiais.

A trajetória se iniciou a muito tempo, e hoje respeitamos e admiramos esses guerreiros especiais que lutam nas batalhas mais difíceis. Mas, você acha que acabou? Não, ainda tem mais. Ficaria feliz em lhe contar uma ocorrência documentada nos anos 2000, confira.

O ANO 2000: SEQUESTRO NO JARDIM BOTÂNICO

Pode-se dizer que aquele dia não tinha nada para ser especial, porém, o BOPE foi chamado para uma situação grave com reféns no parque Jardim Botânico. O meliante seria um homem drogado.

Essa foi uma intensa negociação que durou mais de quatro horas, e as coisas eram difíceis, pois, não possuíam rádios e a única comunicação que possuíam para com o meliante eram sinais de mãos.

Essa situação foi a mais memorável tanto pelos policiais, quanto pelos que presenciaram o momento em que Sandro Barbosa do Nascimento, o meliante drogado que realizou o sequestro tomou como refém a professora Geísa Gonçalves.

ele havia sequestrado um ônibus no local, os outros passageiros não sofreram lesões, ao menos físicas, pois, sabemos como situações assim podem acarretar em danos psicológicos.

O BOPE possuía atiradores de elite preparados para acabar com aquilo a qualquer momento, no entanto, as ordens para matar o criminoso nunca foram dadas e, em meio ao estresse daquela situação um dos soldados do BOPE partir para cima do criminoso.

Esse, sem ordens expressas de nenhum dos lados, sacou uma submetralhadora e disparou contra o criminoso que estava com a refém, no entanto, o oficial errou o algo e acertou de raspão o queixo da professora.

O criminoso Sandro Barbosa, em represália ao ato do agente do BOPE, disparou três vezes em Geísa pelas costas, levando-a a óbito. Mais tarde o criminoso foi preso e em resposta a seus atos, Sandro foi asfixiado até a morte por policiais.

O oficial do BOPE, Marcelo Santos, que reagiu contra o criminoso e atingiu a professora, entrou em depressão profunda, condição que durou anos.

 Essa situação mostrou o quanto podemos ser falhos e também a necessidade de melhorias no treinamento dos membros do esquadrão. Realmente é um ocorrido inesquecível que marcou os membros do BOPE daquela época.

COMO EU ENTRO PARA O BOPE?

Fique ciente de que algumas qualidades são exigidas para quem pretende tentar entrar no BOPE. Essas exigências são justificáveis, uma vez que o batalhão deve cumprir com perfeição as operações nas quais são mandados.

Muitas delas exigem do polícia a realização e planejamento de estratégias, além da eficácia do mesmo e um rápido raciocínio para lidar com as mais diversas situações.

Não para por aí não, o policial deve ter um bom condicionamento físico, para assim, poder enfrentar todo o tipo de terreno, escalar e realizar outras atividades se necessário.

Com isso em mente, agora podemos começar a aprender como entrar no BOPE.

A LOCALIZAÇÃO

Antes de tudo você precisa estar em um lugar onde tenha a presença do BOPE. Além do Rio de Janeiro, outros estados também já possuem essa força militar. Sinto muito, mas, se o seu estado não possui o BOPE, você não vai conseguir ingressar.

Além disso, algumas exigências são solicitadas, como estar na polícia militar há ao menos 2 anos.

INGRESSANDO

Se você tem as exigências acima, poderá então prestar um concurso para o batalhão do BOPE. Para isso, você, policial militar que quer entrar no BOPE precisará se informar sobre o concurso na própria junta militar na qual faz parte.

O TREINAMENTO

O BOPE é um grupo de elite exemplar e para isso, o candidato passará por 14 semanas de treino intenso, com o objetivo de torná-lo capacitado para atuar em conjunto com os outros membros da elite.

O primeiro treinamento é o Curso de Operações Especiais, COEsp, este treinará e preparará você para enfrentar situações não convencionais, onde um policial militar não atuaria. Os participantes passam a ser conhecidos como “caveira”.

Em seguirá, o Curso de Ações Táticas, CAT, é o seu próximo treinamento. Esse irá durar 5 semanas e vai preparar você, candidato, para preparação nas mesmas situações que o COEsp. Os alunos deste curso passam a ser conhecidos como “raio”.

Se liga, você não vai ter moleza em nenhum momento. Se o seu objetivo é realmente é entrar no BOPE< esse é o caminho pela qual você vai passar até conseguir, enfim, se formar e ser mais um membro da temida Caveira.

O QUE LEVOU AO AUMENTO DO EFETIVO?

Estranhamente, o mundo cinematográfico agiu como uma forma de motivação para policiais passaram a querer ingressar no BOPE e o culpado por isso foi o filme Tropa de Elite que foi lançado em 2007 e conquistou o público.

Não apenas no Brasil, mas fora dele, o filme repercutiu estrondosamente, pois, mostrava a forma de atuação de uma das forças policiais mais respeitadas do país. Temida pelos criminosos e nunca confrontada diretamente.

O filme é uma adaptação do livro do ex-secretário de segurança pública, Luiz Eduardo Soares, do Major André Batista, do BOPE, e do então ex-Capitão Rodrigo Pimentel.

Uma faz franquias mais vistas de todos os tempos. Este foi um dos responsáveis por muitos se interessarem em ingressa na forma tarefa do BOPE.

INFORMAÇÕES EXTRAS PARA QUEM QUER ENTRAR NO BOPE

Claro que, além de ingressar no BOPE é apenas mais um nível militar a se alcançar, além de conquistar respeito de fazer parte em uma das forças militares mais importantes do país.

O salário de quem consegue entrar no BOPE varia de R$ 2,800 reais até R$ 3,000 reais, e ainda mais bonificações que podem chegar a R$1,500 reais.

Cerca de 14 estados Brasileiros já possuem o BOPE, são eles

       Acre;
       DF;
       Goiás;
       Mato Grosso;
       Paraná;
       Piauí;
       Rio Grande do Sul;
       Alagoas;
       Bahia;
       Roraima;
       Santa Catarina;
       Rio de Janeiro;
       Rio Grande do Norte;
       Pernambuco.

Os membros do BOPE são conhecidos também pelo uso dos temidos “Caveirões”, trata-se de carros blindados de elite usado no confronto com criminosos mais perigosos. 

No Rio de Janeiro, esse recurso é muito usado nos morros onde a guerra entre narcotraficantes e policiais costuma ser intensa. Quando o caveirão entra em ação, sabe-se que a chapa vai esquentar para os criminosos.

O caveirão surgiu no esquadrão em 2001, quando foi usado pela primeira vez pelo BOPE. É temido pelo simples fato de que um tiro de um calibre 50, uma das armas de fogo mais poderosas, não consegue penetrar sua blindagem.

CONCLUSÃO

Se queria saber como entrar no BOPE, aí está a explicação. Fique ciente do que é exigido e de toda a intensidade do treinamento na qual terá de enfrentar. Realmente, o BOPE é uma força defensiva espetacular, meus respeitos a todos os membros dessa elite incrível.

COMO ENTRAR NO BOPE COMO ENTRAR NO BOPE Reviewed by Bruno on 10/29/2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.